10 de fevereiro de 2010

PLAYBOY 35 ANOS (Estrelas) - Maria Padilha

Atendendo a pedidos, e aproveitando o ano dos 35 anos de PLAYBOY Brasil, vamos relembrar algumas grandes estrelas que passaram por PLAYBOY. E hoje vamos relembrar a trajetória de Maria Padilha em março de 94 quando foi capa de PLAYBOY.

Maria Padilha sempre foi uma atriz discreta, com personagens que nunca tiveram seu lado sex symbol explorando, mas sempre teve seus encantos. Nascida no Rio de Janeiro em maio de 1959 (pois é, ela é Cinquentinha de verdade!), atuou em diversos filmes, novelas e peças de teatro. Se destacando na Globo em novelas como Mico Preto (90), O Dono do Mundo (91), Anjo Mau (97) e mais recentemente na minissérie Cinquentinha (diga-se de passagem, um colírio dentre aquelas Cinquentinhas). Sempre muito alva, fina e com cara de boneca. O que leva muita gente a compara-la à atriz americana Renné Russo.

Mas foi em PLAYBOY que Maria Padilha fez sua grande estréia como atriz. Afinal ela interpretou 6 mulheres diferentes. Todas personagens de Nelson Rodrigues, tema do ensaio fotografado por Márcia Ramalho com texto de Ruy Castro. O texto de abertura falava: "A requintada Karen, da novela O Dono do Mundo, veste, ou despe, as fantasias femininas do genial escritor brasileiro." Tivemos a presença da "suburbana pudica", a "prostituta vocacional", a "debutante colegial", a "grã-fina no vestiário", a "viúva tentadora" e aquela que ama os gordos.

O texto ainda dizia: "A deslumbrante Maria Padilha também se rendeu ao fascínio do escritor e dramaturgo que tantos estão descobrindo. Em fevereiro, ela estreou no Teatro Nelson Rodrigues, no Rio de Janeiro, a sua versão de A Falecida, com direção de Gabriel Villela. Sua personagem - Zulmira, a suburbana que sonha com um enterro de luxo e trai o marido com um vigarista rico - é uma espécie de síntese de todas as grandes personagens femininas de Nelson Rodrigues: ela é...

...Trágica, engraçada - e sensual

10 comentários:

Zé Francisco disse...

Eu tenho essa edição... simplesmente sensacional.

Eita tempo bom...

Romualdo disse...

Maria Padilha com certeza é um orgulho pra PLAYBOY, grande atriz, belo ensaio... mas a capa é horrivel!

André Porto disse...

Poxa Romualdo, tu acha essa capa horrível?!?! Convenhamos que realmente não parece uma capa de revista masculina, mas acho bonita. Bem, questão de gosto né?!

O que acho ruim, é que nessa época a estrela de capa tinha no máximo 12 páginas de fotos. Daí vc fica querendo mais.

Kelvelyn disse...

Po Andre muito bom o post e a ideia de relembrar grandes estrelas.

Sempre tive uma curiosidade enorme sobre o ensaio da Padilha como uma atriz que nunca foi simbolo sexual poderia encarnar as mulheres tão fogosas e sensuais das obras de Nelson???

Pelo visto a Maria o fez e muito bem feito .

berna beat disse...

a melhor playboy de todos os tempos

Alípio disse...

É verdade André, essa capa não parece de revista masculina. Se alguém olhar displicentemente vai achar que tá escrito Marie Claire e não Playboy.
Mas apesar disso ela está bonita na capa.


O que acho ruim nesse ensaio é a falta de vontade da Maria em posar e (talvez por causa disso) por ser muito comportadinho, pudico.
Pelo amor de Jeová, o ensaio era inspirado em Nelson Rodrigues. NELSON RODRIGUES!!!! Tinha que ser completamente sacana, safado, até vulgar. Tudo, menos recatadinho.

Leandro M. disse...

Viu só, Kelvelyn, teve seu pedido atendido. Pedido de séculos, né?

O post ficou ótimo. E realmente é uma edição singular. Uma edição pra servir de referência. Mas concordo com Alípio. As obras de Nelson Rodrigues retratam o lado mais "sujo" das pessoas. Meiguice não está no pacote "rodrigueano".

André Porto disse...

Concordo Alípio. Mas aí eu acho que entrou a influência da estrela. Deve ter sido uma condição imposta por ela pra posar nua. Sabe como são essas estrelas né?!

Mas o ensaio é bem comportado sim. Porém muito bonito. A foto que mais mostra o corpo dela (e nudez frontal) é essa última que encerra o ensaio. Que por sinal é meio mórbida.

Kelvelyn disse...

Mas meus amigos vcs conhcem a Playboy no quesito inspiração
né?

Lembram das tais cores de Aldomovar no ensaio da Bárbara se fosse realmente inspirado nos filmes do diretor teria tudo pra ser um ensaio pra entrar pra história.

Memorial Maria Padilha disse...

Olá, tenho um blog sobre a Atriz Maria Padilha...lá tem tudo sobre ela http://memorialdaatrizmariapadilha.blogspot.com.br/ Quem tiver interesse fique a vontade pra visitar !